Pesquisar

Beleza Saúde

Manchas na Pele: Conheça-as e Saiba Como Tratá-las

Compartilhe
manchas na pele Rosto com sardas. Foto: Luke Braswell - Unsplash

Manchas na pele são mais do que apenas uma preocupação com a saúde: elas geram incômodo, pois afetam a autoestima, principalmente das mulheres. Existem diferentes tipos de manchas de pele que podem se apresentar como manchas marrons, vermelhas, rosadas ou brancas.

As manchas na pele não tem uma forma em si, mas são diferenciadas através de sua coloração que difere do tom de pele normal, dando um aspecto distinto.

No entanto não é apenas a estética que as manchas podem afetar, mas também a saúde, por isso é importante ficar atento e tomar as medidas necessárias para tratar o problema.

Neste artigo vamos falar mais sobre essas manchas, por que elas se formam e as formas de tratá-las.

Como as Manchas na Pele Surgem?

Há diferentes motivos para as manchas na pele surgirem, pode ser devido à produção demasiada de melanina, alteração hormonal, exposição ao sol em excesso, espinhas, entre outros.

Pode Ser Dermatite?

manchas vermelhas na pele
Manchas vermelhas na pele

A dermatite é um grupo de doenças que provoca inflamação da pele, causando coceira e vermelhidão, podendo gerar manchas na pele de coloração vermelha. Entre as principais dermatites estão: dermatite atópica, dermatite de contato alérgica ou irritativa e dermatite de estase.

Dermatite atópica

Esse tipo de dermatite é uma inflamação crônica que causa manchas na pele de coloração vermelha que coçam e às vezes descamam. Elas costumam aparecer no rosto de crianças pequenas e nas dobras do joelho e cotovelo das crianças maiores e adultos.

Ela pode ser causada através de doenças respiratórias como rinite, bronquite e asma.

Para tratar a doença é recomendado tomar banhos rápidos e não muitos quentes, usar pouco sabonete e passar cremes hidratantes.

Caso seja grave é bom ir ao médico, ele poderá indicar alguns medicamentos como corticoides de uso tópico, imunossupressores e anti-histamínicos.

Dermatite de contato

A dermatite de contato caracteriza-se como uma inflamação cutânea causada pela irritação de um produto ou substância.

Quando é alérgica pode ocorrer devido à resposta do sistema imunológico a substâncias de alguns cosméticos de uso cotidiano como perfumes, cremes hidratantes, pomadas tópicas, e similares.

Quando é irritativa é causada por substâncias ácidas e alcalinas como sabonetes, detergentes, solventes, entre outros.

As manchas na pele aparecem apenas no local em que a pele teve contato com tal substância, mas podem espalhar-se para áreas próximas. Esse problema pode ocorrer em qualquer ambiente.

O tratamento da dermatite vai depender de sua gravidade, sendo que se for mais leve apenas são utilizadas medidas locais como limpar a pele e tirar qualquer vestígio do produto que provocou a dermatite e usar compressas.

Também são usados cremes ou pomadas de corticosteroides para diminuir a inflamação da pele. E podem ser receitados imunomoduladores tópicos e em casos mais graves antialergênicos orais ou corticosteroides orais ou injetáveis.

Dermatite de estase

A dermatite de estase geralmente ocorre em portadores de condições médicas que diminuem o fluxo sanguíneo nas pernas, como insuficiência venosa crônica, varizes, trombose venosa profunda (TVP) e insuficiência cardíaca congestiva. Estas doenças causam danos às veias das pernas, impedindo que o sangue circule normalmente.

Geralmente as pessoas tem inchaço, veias dilatadas e torcidas e dermatite de estase que pode se estender até os joelhos. Inicialmente a pele fica vermelha e pode escamar.

Passadas várias semanas ou meses a doença progride e a pele fica parda, sendo que algumas áreas podem se romper e formar uma ferida aberta, o que geralmente ocorre próximo ao tornozelo. Aí que a situação fica mais crítica, pois pode haver risco de infecção.

O tratamento envolve tratar a insuficiência venosa crônica e para a dermatite, se ela está no início usar compressas calmantes, curativos no caso de feridas abertas e uso de cremes e pomadas corticosteroides, no entanto estes últimos não devem ser usados diretamente sobre a ferida aberta, pois impedem que ela cicatrize.

Quais Outros Motivos para as Manchas na Pele?

Além das dermatites existem vários outros motivos para o surgimento de manchas na pele.

Manchas vermelhas na pele

As manchas na pele de coloração vermelha ou rosada podem ser causadas por dermatites, como já mencionamos, mas também por outros problemas como psoríase, câncer de pele (quando se encontra em seu estado inicial) e rosácea.

Psoríase

A psoríase é uma doença inflamatória da pele crônica em que há a formação de mancas na pele que tem a coloração vermelha e descamam que aparecem no couro cabeludo, cotovelos e joelhos.

Ela geralmente é causada devido a fatores genéticos, mas alguns motivos podem piorar os sintomas como fatores psicológicos, estresse, exposição ao frio, uso de determinados medicamentos e consumo de bebidas alcoólicas.

Essa doença não tem cura, mas é possível tratá-la. Em casos mais leves ela pode ser controlada através de medicação tópica, hidratação da pele e exposição ao sol.

Caso a pessoa não tenha tempo para se expor ao sol pode fazer banhos de ultravioleta A e B em clínicas especializadas.

Câncer de pele

O câncer de pele é causado pelo crescimento desenfreado das células da pele. Elas formam camadas e de acordo com as que forem afetadas são definidos diferentes tipos de câncer de pele.

Geralmente entre os sintomas estão a formação de manchas na pele de aparência elevada e brilhante que são translúcidas e podem ser avermelhadas, marrons, rosadas ou multicoloridas, tendo crosta central e que sangra facilmente.

Também pode haver a formação de manchas na pele de coloração preta ou castanha que muda de cor, textura e se torna irregular nas bordas e cresce ou uma mancha ou ferida que não cicatriza e continua a crescer, podendo causar coceira, crostas, erosões ou sangramento.

O tratamento vai depender da gravidade do problema, mas o ideal é que o câncer de pele seja diagnosticado de forma precoce. Entre os procedimentos para tratamento envolvem cirurgia para a remoção do tumor, raspagem da lesão, criocirurgia, cirurgia a laser, cirurgia micrográfica de Mohs ou terapia fotodinâmica.

Mas no caso do melanoma que é o pior tipo de câncer de pele, pois há maior risco de morte o tratamento varia de acordo com a gravidade do problema, sendo que as medidas mais utilizadas são a cirurgia excisional e a cirurgia micrográfica de Mohs.

Esse tipo de câncer de pele não tem cura, mas através do tratamento é possível controlar a doença a longo prazo, sendo que a pessoa tem mais tempo de vida. Outros tratamentos como quimioterapia, radioterapia e imunoterapia também são recomendados.

Rosácea

A rosácea é uma inflamação crônica da pele. Ela se manifesta geralmente no centro do rosto, podendo se estender até as bochechas, nariz, testa e queixo, assim formando grandes manchas na pele.

Essa doença costuma atingir pessoas entre 30 e 50 anos, sendo que as mulheres estão mais sujeitas a desenvolvê-la. Geralmente a rosácea está associada a fatores genéticos, alterações emocionais e hormonais, mudanças bruscas de temperatura, exposição solar, consumo de álcool, medicamentos vasodilatadores ou fotossensibilizantes e o consumo de alimentos muito quentes.

Essa doença ainda não tem cura, mas há tratamento, o qual vai depender da gravidade do problema.

O tratamento pode ser através do uso de medicamentos tópicos, antibióticos ou outras medidas como cirurgia a laser, eletrocirurgia e dermoabrasão.

Mancha branca na pele

No caso de manchas brancas ou amareladas pode ser pano branco ou vitiligo.

Pano branco

Pano branco ou ptiríase versicolor é um tipo de micose, ou seja, uma infecção causada por fungos. Geralmente esse problema acomete pessoas de pele oleosa e em adolescentes durante a fase da puberdade, em que os hormônios produzem mais sebo na pele.

Quem tem a doença apresenta manchas na pele de coloração clara, que podem descamar, podendo estar juntas ou isoladas.

Elas costumam se encontrar na parte superior dos braços, tronco, pescoço e no rosto. No entanto além das manchas brancas elas também podem aparecer como manchas escuras ou avermelhadas.

O tratamento é feito através de medicamentos antifúngicos tópicos ou orais.

Vitiligo

Essa doença se caracteriza pela perda da coloração da pele, formando manchas na pele de coloração branca. As causas da doença ainda não foram totalmente descobertas, mas alguns fatores como fenômenos autoimunes, assim como alterações ou traumas emocionais podem estar relacionados ao vitiligo.

Além das manchas na pele as pessoas que têm a doença podem sentir sensibilidade e dor na região afetada.

O vitiligo ainda não tem cura, mas os tratamentos estão dando bons resultados. O tratamento tem como objetivo parar o aumento das lesões e repigmentar a pele.

São usados medicamentos para diminuir a repigmentação das áreas afetadas, a fototerapia com radiação ultravioleta B também é indicada, assim como tecnologias como o laser, técnicas cirúrgicas ou de transplante de melanócitos.

Manchas no rosto

Entre os problemas com manchas que podem aparecer no rosto e ainda não foram citados estão: melasma, manchas de acne e sardas.

 Melasma

melasma
Melasma são manchas escuras na pele

O melasma é uma doença causada pelo excesso de produção de melanina, o que causa hiperpigmentações e assim a formação de manchas na pele escuras, que tem o tom marrom, podendo ser claro ou escuro.

As pessoas mais afetadas são mulheres com pele morena que moram em países com clima quente. O problema pode ser causado pela exposição ao sol, devido a fatores genéticos e uso prolongado de anticoncepcionais.

O tratamento é feito através do uso de cremes e procedimentos para fazer o clareamento das manchas como peelings, aplicações de luzes ou lasers.

Além disso, é importante prevenir utilizando o protetor solar e fazer uso de bonés, chapéus e sombrinhas em dias de muito sol.

Manchas de acne

As manchas de acne aparecem quando a pessoa espreme as espinhas. Antes de tratar o problema é recomendado fazer o tratamento da acne, assim você vai evitar novas manchas na pele.

Por isso é indicado o uso de produtos específicos para acne com efeito secativo e que reduza a oleosidade da pele. Também é bom manter a pele limpa utilizando sabonetes específicos para acne, pois eles ajudam a controlar a oleosidade e desobstruir os poros.

Quando terminar o tratamento das espinhas aí sim você pode iniciar o tratamento para as manchas na pele. Para tratar o problema existem alguns produtos que podem ajudar como dermocosméticos com LHA, ácido salicílico e ácido glicólico, pois ajudam a afinar e clarear a pele.

Outros produtos também podem ajudar como filtro solar com cor e ação clareadora, sérum hidratante com ácido salicílico natural e tratamentos como peeling físico e químico.

Sardas

Como visto na foto deste artigo, as sardas são manchas alaranjadas que são provocadas pelo excesso de melanina na pele devido à ação solar. Geralmente elas aparecem no rosto, na região do nariz e maçãs do rosto, pessoas de pele clara e que são muito sensíveis ao sol é que costumam ter esse problema.

Na verdade as sardas não fazem mal algum à saúde e até mesmo podem deixar o visual mais charmoso, sendo que algumas mulheres famosas as mantêm em seu rosto.

Mas para quem se sente incomodado com essas manchas na pele há alguns tratamentos que podem diminuir sua intensidade. Você pode amenizá-las usando produtos clareadores, no entanto é importante buscar orientação médica.

Também é indicado usar protetor solar todos os dias, dessa forma evitará a ação do sol sobre elas, o que costumam intensificá-las. O ideal é utilizar protetor com FPS 30 no mínimo.

Alguns procedimentos estéticos também podem ajudar a clarear as sardas como peelings químicos, tratamentos com laser e luz pulsada. Além disso, é recomendado que ter alguns cuidados com a pele, mantendo a limpeza e hidratando-a todos os dias.

Manchas no corpo

Entre os problemas de manchas na pele que podem apresentar manchas no corpo e ainda não foram citados estão: melanoses e dermatite seborreica.

Melanoses

Melanoses solar ou manchas senis são manchas que geralmente aparecem em pessoas de mais idade, sendo causadas pela exposição ao sol no decorrer dos anos.

Isso acontece, pois a radiação ultravioleta estimula maior produção e atividade dos melanócitos (células que promovem o pigmento da pele), assim dando origem às manchas.

As manchas na pele costumam ser escuras e serem marrons e aparecem mais em pessoas de pele clara. Seu tamanho pode variar de milímetros a alguns centímetros.

Elas geralmente aparecem em áreas que são mais expostas ao sol como o rosto, colo, antebraço, dorso das mãos e ombros. Felizmente elas não afetam a saúde, mas há pessoas que se incomodam com elas.

O ideal é evitá-las para isso você deve sempre usar o protetor solar e evitar se expor ao sol entre o horário das 10 às 16 horas.

Para minimizar as manchas há alguns procedimentos que podem ser feitos como cauterização química, crioterapia, peeling químico, luz intensa pulsada e laser ou jato de plasma.

Dermatite seborreica

É uma inflamação da pele que provoca manchas na pele de coloração vermelha algumas regiões do rosto como sobrancelhas, lateral nasal, orelhas e couro cabeludo. Trata-se de uma doença crônica em que a manifestação dos sintomas exacerba-se de forma variável, com fases mais ou menos intensas.

Não se sabe exatamente por que é causada a dermatite seborreica, mas a origem pode ser genética ou provocado por fatores extrínsecos como reações alérgicas, estresse emocional, fadiga, temperaturas baixas, bebidas alcoólicas, remédios e pele muito oleosa.

Outra possível causa é a manifestação do fungo Pityrosporum ovale. Essa doença também pode aparecer em recém-nascidos, mas quando isso acontece ela é temporária e se formam cascas grossas amarelas ou marrons no couro cabeludo da criança.

O tratamento do problema vai depender da região em que se encontram as manchas na pele. Geralmente são feitos vários exames e para tirar as manchas o tratamento envolve lavagens mais frequentes, evitar o uso de sprays, pomadas e géis para o cabelo, chapéus e bonés, usar xampus específicos, cremes ou pomadas antifúngicos e com corticosteroides.

Como você pode ver neste artigo as manchas na pele podem surgir por diferentes motivos. No caso das dermatites as manchas podem aparecer devido a alergia, problemas respiratórios como rinite e bronquite, ação de fungos ou outras doenças como insuficiência venosa crônica.

É importante saber diferenciar as manchas na pele, dessa forma você poderá identificar qual o problema. Se você encontrar manchas vermelhas pode ser psoríase, câncer de pele ou rosácea.

Caso as manchas sejam brancas ou amareladas há chance de ser pano branco ou vitiligo. O local em que se encontram as manchas também pode ajudar a identificar o problema.

Se você encontrar manchas no rosto pode ser melasma, manchas de acne ou sardas, no caso de manchas no corpo pode ser melanose ou dermatite seborreica.

Há algumas manchas que não comprometem a saúde, mas apenas a estética como é o caso da melanose, que são manchas que surgem pela ação do sol em pessoas idosas e as sardas que ocorrem em pessoas de pele branca e que são até mesmo consideradas charmosas por algumas pessoas.

Por outro lado outras manchas na pele podem ser uma grande preocupação como o câncer de pele que pode levar à morte, como no caso do melanoma. Por isso quanto mais precoce o problema for identificado melhor, dessa forma o tratamento pode ser feito o mais rápido possível e as chances da pessoa poder viver por um bom tempo são grandes.

Outra doença que causa grande preocupação é a dermatite de estase, pois caso demore para ser tratada o problema se agrava ainda mais, resultando em feridas que não cicatrizam e que são mais difíceis de tratar.

É importante que você cuide de sua saúde e caso veja algumas manchas na pele consulte um médico dermatologista, pois ele te ajudará a identificar qual o problema e assim você poderá tratá-lo com antecedência, o que pode ser o diferencial para que a doença seja tratada mais facilmente e você tenha mais sucesso no tratamento.

Deixe seu Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *