Pesquisar

Saúde

Piolhos: Saiba Tudo Sobre Estes Terríveis Bichinhos

Compartilhe
menino com piolhos Piolhos incomodam muito as crianças. Imagem: Lice Clinics of America

Quando você era criança certamente já notou que muitos de seus amigos (ou até mesmo você) pareciam ter sangue doce, capaz de atrair os detestáveis piolhos, motivos de muita isolação entre a criançada: ninguém quer ficar perto do coleguinha que tem piolho e correr o risco de pegar também.

Mas o que realmente são essas criaturinhas? Atacam apenas crianças? Vamos explorar melhor este assunto cabeludo e saber como evitar os piolhos.

O Que São os Piolhos?

Em biologia, eles são chamados de piolho de cabeça e corpo, e seu nome científico é Pediculus humanus. Existem duas subespécies, o piolho da cabeça (P. h. Capitis) e o piolho do corpo (P. h. Humanus). São ectoparasitas cujos únicos hospedeiros conhecidos são humanos. A infestação por piolhos é uma doença, a pediculose.

Pediculose: Doença parasitária causada por piolhos: seres sugadores de sangue que vivem e se reproduzem na superfície da pele e dos pelos.

Sociedade Brasileira de Dermatologia
piolho visto de perto
Exemplar macho do piolho humano capilar (Pediculus humanus capitis).
Gilles San MartinWikipedia

Simplesmente falando, o piolho é um pequeno inseto que vive na pele do couro cabeludo dos seres humanos e pode ser transmitido pelo contato próximo com outras pessoas. Porém, por incrível que pareça, essa criatura pode também ser encontrada nas sobrancelhas ou nos cílios.

Esse inseto pode viver por até um mês no couro cabeludo e põe, em média, 6 a 8 ovos por dia. Ao contrário da crença popular, os piolhos não conseguem saltar ou voar.

Os ovos dos piolhos, que se assemelham a caspas, ficam grudados e permanecem no couro cabeludo. Esses ovos, também conhecidos como lêndeas, eclodem dentro de 7 dias e podem viver por mais de duas semanas no couro cabeludo.

Piolhos Transmitem Doenças?

A presença de piolhos causa uma intensa coceira na cabeça, e na maioria das vezes não provoca doenças graves. No entanto, caso a infestação seja grave e persistente, uma infestação secundária por bactérias pode ocorrer. O piolho de cabeça não transmite doenças, mas os piolhos de corpo podem transmitir doenças graves: eles agem como vetores para Rickettsia prowazekii (tifo epidêmico), Bartonella quintana (febre das trincheiras) e Borrelia recurrentis (conhecida como febre recorrente e febre dos piolhos).

Ter piolho não significa necessariamente que a pessoa não tem higiene ou algo assim. Mesmo assim, a pessoa que tem piolho sofre certo preconceito.

Como se Pega Piolho

A pessoa pode pegar piolho se:

  • Tiver contato com pessoas que tenham piolho;
  • Ter contato com roupas, roupas de cama ou artigos que estejam com infestação;
  • Compartilhar escova de cabelo, toucas, chapéus e pentes com quem esteja com piolhos.

Remédio Caseiro para se Livrar do Piolho

Mães e pais (ou algum adulto que teve o azar de pegar piolhos), se querem acabar de vez com eles de uma forma natural, fique de olho nesta receita de remédio para piolho e livrem-se de vez desse pequeno mal.

arruda é muito eficaz tanto para se livrar do piolho, quanto para aliviar as coceiras que ele causa. Portanto, uma boa dica é aplicar o chá (frio) de arruda no couro cabeludo e nos cabelos e passar o pente fino depois. Como não é tóxico, o remédio é indicado para crianças. Além de acabar com os piolhos, eles evitam a infestação. Veja:

Ingredientes

  • 20 gramas de folhas de arruda;
  • Um litro de água fervente.

Forma de preparo

  1. 1.       Ferva a água e adicione as folhas de arruda à água fervente e deixe em infusão por alguns minutos. Tampe, deixe esfriar e depois coe.
  2. 2.       Aplique o chá em todo o couro cabeludo com a ajuda de um algodão;
  3. 3.       Deixe agir por aproximadamente 30 minutos;
  4. 4.       Lave os cabelos normalmente e depois passe o pente fino para retirar os piolhos e as lêndeas mortos;
  5. 5.       Repita a aplicação diariamente até se livrar totalmente dos piolhos e ovos.

Seguindo o tratamento acima você deve ter resolvido a infestação. Em caso contrário, procure um dermatologista para casos mais persistentes: geralmente nestes casos é feita a prescrição de pediculicidas tópicos como a permetrina. Eles constituem um método bastante efetivo e muito usado.

Vídeo de Piolhos Vistos de Perto

Veja a seguir imagens incríveis destes insetos passeando pela cabeça das pessoas.

Um dia comum na vida de um piolho.

Dicas importantes

  • Lave as roupas, as toalhas, as roupas de cama e outros pertences do indivíduo que está com infestação. Após lavar, ferva por alguns minutos em uma panela com água. Isso é importante para evitar que ocorra infestação novamente.
  • Evite compartilhar objetos que possam conter piolhos e lêndeas.

Deixe seu Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *